QBQ – Quadro Brasileiro de Qualificações


CCBO Coordenação da Classificação Brasileira de Ocupações


CBO 5162-10 Cuidador de Idosos


Planeja o trabalho, a partir de informações – levantadas junto ao idoso, aos seus familiares e/ou aos representantes da instituição onde ele vive -, sobre o estado de saúde e sobre a história e o estilo de vida do idoso.

Cuida da pessoa idosa em suas atividades da vida diária, estimulando o seu grau de autonomia e independência. Ajuda-o, quando necessário, na organização da sua rotina, na sua higiene corporal e na sua imagem pessoal. Cuida da aparência da pessoa idosa – unhas, cabelos e vestuário - para aumentar a sua autoestima.

Cuida da alimentação e da hidratação do idoso, observando a qualidade e a validade dos alimentos, verificando e dosando as propriedades nutricionais dos alimentos - energéticos, construtores e reguladores - e estimulando a ingestão de líquidos. Pode participar na elaboração do cardápio, preparar e servir a refeição. Pode ajudar o idoso a preparar sua refeição.

Cuida da saúde do idoso, acompanhando-o aos exames, consultas e tratamentos de saúde e transmitindo aos profissionais de saúde as mudanças no comportamento, humor ou aparecimento de alterações físicas. Monitora o estado de saúde do idoso de acordo com orientações da equipe multiprofissional e premissas do cuidado humanizado. Pode cuidar da medicação oral da pessoa idosa, em dose e horário prescritos pelo médico. Cuida do idoso em recuperação de saúde, com limitação de mobilidade e com deficiência, auxiliando-o nas suas atividades diárias.

Promove atividades de lazer e de ocupação do tempo livre, de acordo com o interesse do idoso. Estimula a realização de trabalhos manuais, passeios e caminhadas. Incentiva a prática de exercícios físicos, sempre que autorizados pelos profissionais de saúde.

Facilita a participação do idoso em atividades culturais – teatro, espetáculos de dança, cinema, entre outras -, que sejam de seu interesse, acompanhando-o. Providencia livros, para leitura. Pode orientar o idoso na digitação de mensagens e no envio de imagens e vídeos, em aplicativo ou em rede social.

Promove o bem-estar da pessoa idosa, facilitando e estimulando sua comunicação com familiares e amigos, quando possível.

Mantém o ambiente, onde o idoso vive, limpo e organizando, mantendo os objetos de uso arrumados nos locais habituais.

Comunica-se com os familiares ou responsáveis, para prestar informações ou transmitir relatórios sobre o estado de saúde da pessoa idosa.

Zela pela segurança do idoso, prevenindo acidentes como escorregões, quedas e lesões com objetos cortantes.

Recomenda, à família ou à instituição, adaptações no ambiente, para atender às condições de saúde, mobilidade e segurança do idoso.

Presta, ao idoso, cuidados de primeiros socorros em caso de acidentes ou em outras situações de emergência, solicitando auxílio aos serviços ou profissionais especializados.



Fonte:

Secretaria de Trabalho

MINISTÉRIO DA ECONOMIA